Cotação
Dólar
Euro
31/12 20:00
Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Cuiabá (MT), 23 de outubro de 2017 - 09:16

Justiça & Leis

02/08/2017 13:14

Operação Bairro Seguro resulta em prisões e apreensões em Alto Garças

Hérica Teixeira | Sesp-MT

Três pessoas foram presas no município de Alto Garças (366 km de Cuiabá) por práticas criminosas. As prisões foram realizadas durante a operação integrada “Bairro Seguro”, deflagrada no município na última sexta-feira (28.07). A ação seguiu até domingo (30.07).

Além das prisões, 152 pessoas e 52 veículos foram abordados, 118 porções de drogas foram apreendidas, 11 fiscalizações do Corpo de Bombeiros foram feitas a estabelecimentos comerciais e uma arma foi apreendida.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Rogers Jarbas, destacou o desempenho das forças de segurança na operação realizada em Alto Garças.

“As ações integradas do sistema de segurança pública estadual têm demonstrado que, com propósitos bem definidos e a união de esforços, somos capazes de transformar a realidade das pessoas de bem. Alicerçados nos investimentos efetivados pelo Governo do Estado, nos novos modais de atuação e na vontade irrestrita e incondicional de servir de nossos mais de 15 mil profissionais, estamos fazendo de Mato Grosso um lugar melhor para se viver. A operação deflagrada em Alto Garças representa nossa luta contra a criminalidade e nossa vontade de defender pessoas de bem”, enfatizou.

Um dos presos, Reinaldo de Moraes Teles, de 29 anos, estava com mandado em aberto por homicídio cometido em 2015. O crime ocorreu no bairro Pedra 90, em Cuiabá. Junto com o suspeito, foram encontrados um revólver calibre 38, munições e porções de maconha.

Ao ser conduzido para a delegacia, Reinaldo confessou que atirou seis vezes contra um homem e alegou que a motivação foi uma rixa entre os dois. Uma mulher, identificada como Luana Caroline Ferreira da Silva, de 27 anos, também foi presa por tráfico de drogas. A terceira prisão foi a um homem que dirigia embriagado.

O major PM do 4° Comando Regional, Lauro Márcio Osório da Silva, disse que a ação envolvendo vários profissionais de segurança pública é a garantia da obtenção de resultados positivos para o município.

“Os três dias de operação produziu importantes resultados. Desde o dia que iniciamos, percebemos a queda de registros de ocorrências. Isso demostra para a população a importância do trabalho das forças de segurança”, destacou.

Já o delegado titular do município, José Mauro Dias de Souza, enfatizou a ação minuciosa dos policiais na busca por drogas em residências dos suspeitos. “O resultado foi positivo. Várias porções de droga foram apreendidas. O trabalho integrado sempre traz bons resultados e a população se sente mais confiante com a atuação das forças de segurança”.

Participaram da operação profissionais da Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar, Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra), Núcleo de Inteligência Operacional (Nio) e Força Tática. Profissionais dos municípios de Alto Araguaia e Rondonópolis também atuaram.

Bairro Seguro

Desde janeiro deste ano, sete operações “Bairro Seguro” foram deflagradas em municípios do estado. As ações integradas das forças de segurança já resultaram em mais de 13 mil pessoas presas, no período de janeiro a maio. O número de prisões registradas nos primeiros cinco meses de 2017 é 10% maior do que o registrado no mesmo período de 2016, quando foram presas 11.876 pessoas.

As operações fazem parte da metodologia de trabalho da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) para o enfrentamento dos principais índices criminais: homicídio, roubo e furto.


Copyright Rede Brasil Policial. Todos os direitos reservados.

O Brasil Policial, se trata de um Projeto de Comunicação produzido pela “Rede SBCW e SBC Brasília, Projeto panteado junto ao INPI e Cartório de Registros e Documentos para jornalistas e empresários. É expressamente proibida a sua reprodução do Conteúdo e Plagiar o Projeto desta Rede de Notícias Online no Território Nacional, sujeito às penalidades previstas pelo CPB por roubo violação de Propriedade Intelectual.

O site Brasil Policial Noticias e o Jornal impresso "Brasil Integração" - Policial, são dois órgãos de Comunicação em regime cooperativistas, são instituições privadas independentes, de acordo com o artigo V Inciso XVIII da Carta Magna e de com o Artigo V da Lei Federal 5.764 de 16 Dezembro de 1971.

Todos os conteúdos veiculados e veinculando nesta franqueada "Brasil - Policial", são de inteira e legítima responsabilidades dos seus autores, proprietários identificado (s) no referido Expediente da mesma.

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo