Cotação
Dólar 3,1459
Euro 3,7012
18/08 16:10
Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Cuiabá (MT), 20 de agosto de 2017 - 00:00

Justiça & Leis

02/08/2017 13:23

Ação integrada prende oito suspeitos de furto, receptação e associação criminosa

Débora Siqueira | Sesp/MT

Na manhã de segunda-feira (31.07), Fernando Henrique Silva de Oliveira, 24 anos, invadiu uma residência no bairro São José, em Barra do Garças (510 km de Cuiabá). Apenas uma hora depois, foi preso pela Polícia Militar por ter levado dois botijões de gás da casa e ter agredido o cão da família com uma barra de ferro.

A prisão dele resultou na operação Bairro Seguro com objetivo de reprimir os crimes de furto, receptação e associação criminosa. Mais oito pessoas foram presas pelos referidos crimes. Além disso, foram recuperados diversos objetos de furto/receptação realizados nos bairros São José, Vila Maria, Jardim Palmares e Novo Horizonte pelo grupo criminoso. Entre os objetos roubados estão: sapatos, perfumes, televisão, caixa de som.

Conforme o delegado Joaquim Leitão Junior, depois da prisão de Fernando, a Polícia Militar conduziu mais uma pessoa suspeita com os objetos roubados da vítima, identificado como Paulo Sérgio, e com o desdobramento dos flagrante surgiram novos suspeitos e a notícia de oito furtos no bairro São José.

“Traçamos uma operação integrada entre a Polícia Civil e a Polícia Militar para uma resposta rápida e fomos tendo êxito na recuperação dos objetos roubados na manhã desta sexta-feira (1º). Eles responderão por furto triplamente qualificado, receptação e associação criminosa”.

Pelo que elucidamos tudo isso está relacionado ao tráfico de entorpecentes. São usuários de drogas que se valem de crimes patrimoniais para sustentar o vício. A Polícia Civil dará continuidade as investigações buscando, entre outras coisas, a recuperação dos pertences das vítimas dos crimes patrimoniais”, disse o delegado.

Apesar de ser um crime considerado de menor potencial ofensivo, o furto tem incomodado os moradores de Barra do Garças e a polícia tem se esforçado em combate-lo, prendendo os responsáveis.

Fernando Henrique Silva de Oliveira, o primeiro a ser preso pela Polícia Militar, é preso do regime semi-aberto por furto e violou a tornozeleira eletrônica, descumprindo a medida judicial. Além de reagir ao ser preso, tentar tomar a arma de um cabo da PM, ele ainda disse aos policiais militares que a ocorrência não daria em nada e que à noite ele iria voltar para a rua para cometer novos crimes.

Foram presos Dhaniel Farias Alves, 20 anos, Vinícius de Jesus Moreira de Lima, 19, Donizete da Silva (Boneco), 25, Agnaldo Souza de Oliveira, 29, Valmir Santos de Oliveira, 42, Linderson Silva, 36 e Luiz Caio Dutra, 51.

Participaram da ação policiais da Central de Flagrante (CENFLA), a equipe do GARRA da Polícia Civil, sob a coordenação do delegado plantonista, Joaquim Leitão Júnior, bem como policiais militares em conjunto com sua equipe do Comando de Ação Rápida (CAR).


Copyright Rede Brasil Policial. Todos os direitos reservados.

O Brasil Policial, se trata de um Projeto de Comunicação produzido pela “Rede SBCW e SBC Brasília, Projeto panteado junto ao INPI e Cartório de Registros e Documentos para jornalistas e empresários. É expressamente proibida a sua reprodução do Conteúdo e Plagiar o Projeto desta Rede de Notícias Online no Território Nacional, sujeito às penalidades previstas pelo CPB por roubo violação de Propriedade Intelectual.

O site Brasil Policial Noticias e o Jornal impresso "Brasil Integração" - Policial, são dois órgãos de Comunicação em regime cooperativistas, são instituições privadas independentes, de acordo com o artigo V Inciso XVIII da Carta Magna e de com o Artigo V da Lei Federal 5.764 de 16 Dezembro de 1971.

Todos os conteúdos veiculados e veinculando nesta franqueada "Brasil - Policial", são de inteira e legítima responsabilidades dos seus autores, proprietários identificado (s) no referido Expediente da mesma.

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo