Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Cuiabá (MT), 18 de fevereiro de 2018 - 23:04

Cotação
Dólar 3,2213
Euro 3,9988
16/02 16:05

Política

12/02/2018 16:50

Ameaçado, prefeito em MT anda com seguranças e pede apoio do Governo

O prefeito de Nova Bandeirantes, Valdir Rio Branco (PSB), se deslocou para Cuiabá para cobrar do governador Pedro Taques (PSDB) e do secretário de Segurança, Gustavo Garcia, o reforço na segurança no município, bem como a celeridade nas investigações do incêndio realizado na sede do executivo. O gestor também relata ter sofrido e ameaças e tem andado com seguranças particulares nos últimos dias.

A situação de temor no município começou em setembro de 2017, com a deflagração da “Operação Loki”, da Delegacia Fazendária. A operação apurou crimes de responsabilidade e de desvios de recursos por parte da atual gestão na cidade.

Em 2 de outubro, um incêndio atingiu a sede da prefeitura. A investigação apontou que o incêndio foi criminoso.

Toda a estrutura da prefeitura ficou destruída, assim como diversos documentos. A Polícia Civil apura relação do incêndio com a operação da Polícia Civil, já que o fogo começou pelo setor de compras, uma das áreas investigadas pela Defaz.

O prefeito, que a Polícia Civil não descarta envolvimento com o incêndio, cobra rapidez nas investigações para poder provar sua inocência. Ele relatou que vem sofrendo ameaças, mas está contribuindo com as investigações.

“Não sabemos como será amanhã. A gente vive num clima de insegurança, de incerteza, tendo que andar com gente nos acompanhando direto, segurança”, contou.

Ele disse que a situação tem afetado sua família, que já cogitou deixar o município. “Se dependesse da minha esposa e filhos, já tínhamos indo embora de Nova Bandeirantes, mas se Deus quiser, tudo será esclarecido, resolvido e sairemos quando Deus permitir ou ficaremos ali mesmo”.

Em relação a acusação contra si, o gestor nega ter provocado o incêndio, mas evita levantar suspeitas. “Não podemos apontar nada, só mesmo a Justiça, o delegado, a Polícia, as autoridades”, concluiu.

FONTE / FOLHA MAX


Copyright Rede Brasil Policial. Todos os direitos reservados.

O Brasil Policial, se trata de um Projeto de Comunicação produzido pela “Rede SBCW"  Agência Digital e Desenvolvimento Web, Projeto panteado junto ao INPI e Cartório de Registros e Documentos. É expressamente proibida a sua reprodução do Conteúdo e Plagiar o Projeto desta Rede de Portais da mentora no Território Nacional, sujeito às penalidades previstas pelo CPB por roubo violação de Propriedade Intelectual.

O site Brasil Policial Noticias e o Jornal impresso "Brasil Integração" - Policial, são dois órgãos de Comunicação em regime cooperativistas, são instituições privadas independentes, de acordo com o artigo V Inciso XVIII da Carta Magna e de com o Artigo V da Lei Federal 5.764 de 16 Dezembro de 1971.


Diretoria

Rodrigo Souza Silveira
Diretor e Jornalista
 
Narciso Honório da Silveira
Jornalista fundador cooperado e Editor Resp  
DRTMT-1616;
 
Jacinto Escalantes
Vice-presidente
 
Moisés Bispo dos Santos
Diretor secretário
 
Juliano Lobato
Diretor de Marketing
Contatos/Fones
(65)3041-4675
(66) 9624-9668/VIVO

Todos os conteúdos veiculados e veinculando nesta franqueada "Brasil - Policial", são de inteira e legítima responsabilidades dos seus autores, proprietários identificado (s) no referido Expediente da mesma.

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo